23 fev

Solução para amplificar o sinal de TV Digital Terrestre em sistemas coletivos.

Solução para amplificar o sinal de TV Digital Terrestre em sistemas coletivos.

Muitos hotéis, pousadas, prédios residenciais e comerciais, possuem muitos pontos de TVs, e para atender esses pontos de forma correta é necessário que o sistema coletivo possua nível de sinal suficiente para que as TVs tenham uma boa qualidade de imagem e som.

O ponto principal para dar início a um sistema coletivo profissional é aumentar a potência do sinal captado pela antena externa utilizando amplificadores de potência. Esses equipamentos possuem a função de aumentar o nível de potência dos sinais recepcionados pela antena, compensando perdas geradas por comprimentos de cabos e acessórios utilizados na distribuição como: divisores e tomadas.

Existem vários tipos de amplificadores, para um sistema coletivo Digital Terrestre é necessário utilizar Amplificadores de Potência que atendam a faixa de frequência UHF que inicia-se em 470 MHz.

A Proeletronic possui dois modelos de Amplificadores já conhecidos pelos instaladores profissionais:

PQAP-6350 com ganho de 35dB.
PQAP-7500 com ganho de 50dB.
Ambos os modelos possuem exclusivo sistema de dissipação de calor em alumínio, o que proporciona confiabilidade e durabilidade no equipamento para uso contínuo. Além disso, contam com controle de ajuste de nível de sinal, saída de teste para melhor equalização do sinal e linearidade em toda faixa de frequência, o que garante em toda distribuição um sinal adequado com qualidade para todas as TVs de todos os andares.

Tem mais dúvidas sobre projetos de sistema coletivos de TV Digital? Entre em contato com a equipe de suporte da Proeletronic através do email suportetecnico@proeletronic.com.br ou ligue para 11 4693-9300.

21 fev

Dificuldades em identificar a frequência da operadora de telefonia?

Dificuldades em identificar a frequência da operadora de telefonia?

Para identificar a frequência da operadora de telefonia em determinada região, em geral é indicado que seja realizado o contato com a operadora, porém, nem sempre é simples conseguir esta informação.

Por ser uma informação muito técnica, os call centers não estão aptos a respondê-la com exatidão, desta forma fica muito difícil escolher uma antena externa ou qualquer outro equipamento para melhoria do sinal no local desejado.

Uma forma fácil de encontrar com exatidão a frequência da operadora no local determinado é através dos telefones celulares fixos PROCD-6010, PROCS-5030 e PROCS-5010 da Proeletronic.

Os três modelos possuem uma ferramenta que identifica a frequência da operadora na região  onde deseja instalar um telefone celular fixo ou um reforçador de sinal de celular.

Para acessa essa função nos telefones da Proeletronic, basta inserir o CHIP da operadora que deseja instalar, ir até o MENU do aparelho, e na opção AJUSTE DE ANTENA verificar a frequência que esta sendo transmitida pela operadora na região. Assim, você saberá exatamente a frequência do local, e poderá adquirir a antena ou reforçador de sinal corretos.

É importante ressaltar que para que esta ferramenta seja utilizada no telefone, é necessário no mínimo uma barra de sinal no display do aparelho telefone celular fixo Proeletronic. Com a frequência identificada, pode-se optar pela antena de ganho mais alto, e com a frequência especifica transmitida pela operadora na região da instalação.

Caso tenha mais alguma dúvida sobre o uso desta ferramenta, entre em contato com o suporte técnico da Proeletronic através do email suportetecnico@proeletronic.com.br ou através da nossa central de atendimento 11 4693-9300.

19 fev

Precisa de um conversor, mas sua TV não tem entrada de áudio e vídeo RCA?

Precisa de um conversor, mas sua TV não tem entrada de áudio e vídeo RCA?

A solução para este problema é o conversor Proeletronic PRODT-1200.

Ele pode ser usado em TVs que não possuem entrada áudio e vídeo (RCA), pois permite a utilização da entrada RF da TV através do canal 3 ou 4 . O conversor PRODT-1200 está apto a todos os tipo de aplicações de campo.

  • Para modelos de TV´s de tubo que não possuem uma entrada de áudio e vídeo (RCA)
  • Para TV´s que possuem a entrada áudio e vídeo (RCA), mas é utilizado por outro dispositivo como DVD´s, vídeo games etc, pode-se utilizar a entrada RF da TV sem a necessidade de acrescentar um modulador de canal  RF.
  • Saída HDMI em alta definição, para TV´s de LCD ou LED que não possuem conversor digital integrado.

O conversor Proeletronic PRODT-1200 tem as seguintes opções de saídas: Áudio e Vídeo RCA, HDMI, Vídeo componente e RF canal ¾.

Além disso, o PRODT-1200 possui display luminoso e botão de canal no painel frontal, acompanha 01 cabo RCA e 01 cabo HDMI. Se você está buscando um produto completo para diversos cenários de aplicação, sem necessidade de adquirir outros acessórios para recepção do sinal Digital, o PRODT-1200 é o conversor adequado.

12 jan

Dúvidas na instalação de CFTV com Antena Coletiva UHF Digital?

Dúvidas na instalação de CFTV com Antena Coletiva UHF Digital?

O Circuito Fechado de TV, também conhecido como CFTV, ou sistema de câmeras de segurança, em muitos condomínios faz parte da Antena Coletiva, fornecendo maior segurança ao local. Porém, muitos instaladores questionam como disponibilizar aos condôminos o sistema de CFTV e Antena Digital através de um único cabo coaxial.

Para montar este sistema de CFTV, é necessário utilizar Modulador Ágil de Áudio e Vídeo modelo (PQMO-2600B), isto considerando que o formato de saída das câmeras / DVR seja Vídeo Composto.

A função do Modulador é converter o sinal de Vídeo para Canal de TV (Rádio Frequência) onde o mesmo vai possibilitar o instalador a definir canais de frequência de 02~13VHF/ 14~99CATV/ 14~70UHF, porém sempre será necessário ter um intervalo de canais com mais de 6 MHz de canal para outro, ou seja, após o canal 02 devemos utilizar o canal 4 e assim sucessivamente, pelo fato do Modulador ser não Adjacente, caso utilize canais vizinhos vai ocorrer o batimento de frequência, ou seja, canais interferentes.

Qual canal definir no Modulador Ágil para Visualizar as câmeras no mesmo cabo da coletiva?

É muito comum nas principais capitais encontrarmos casos onde o sinal do CFTV após ser modulado funciona perfeitamente e ao combinar ou misturar com Antena Digital perde a qualidade ou simplesmente desaparece. Essa perda de qualidade na imagem do Modulador normalmente ocorre pelo fato de utilizar canal já existente na transmissão local ou canal adjacente. Para eliminar a interferência e garantir uma ótima qualidade de imagem no sistema de CFTV e Antena Digital é de extrema importância identificar os canais de origem existente na região, obtendo essa informação basta definir no Modulador um canal que esteja vago e que não tenha canal adjacente a ele posteriormente.

Após o desligamento do sinal analógico VHF / UHF ficará ainda mais simples definir o canal no Modulador para visualizar o CFTV em sistema coletivo. Com o desligamento a Banda I que ocupa a frequência dos canais 2~6 estará disponível, pois nessa faixa não será transmitido canais digitais.

Como combinar CFTV com Antena Coletiva em regiões que ainda possui transmissão analógica e onde já ocorreu o desligamento do sinal analógico?

Para unir sinal CFTV Modulado com Antena Coletiva UHF Digital de forma prática e simples os instaladores podem utilizar “Tomada Blindada TAP” também conhecida como Acoplador Direcional e Tomada Derivada. As tomadas blindadas simples possuem três portas de conexão “F”, sendo Input, Output e TAP, o importante é utilizá-la invertida para ter uma boa isolação entre as portas como apresentado na figura (1).

Figura 1.

 

 

 

 

 

 

 

 

Caso o sinal analógico já tenha sido desligado na região onde o sistema será implantado a tomada blindada TAP pode ser substituída pelo Misturador de Banda modelo PQBT-2300B, desde que defina no modulador canal 02~06 onde a porta VHF do combinado vai ser utilizada para conectar o sinal do modulador e porta UHF para entrada da antena como apresentado na figura (2).

 

14 nov

Evento – Um dia no Campus UNIP

Evento – Um dia no Campus UNIP

Vanguarda e Proeletronic promovem o Sinal Digital em parceria com a UNIP de São José dos Campos.

Na última sexta, 10.11, em parceria com a TV Vanguarda, filiada Globo do Vale, a Proeletronic participou do evento “Um dia No Campus”. Foram apresentadas as soluções para recepção do sinal de TV Digital, tanto para instalações coletivas quanto residenciais. A participação no evento teve como objetivo comunicar o processo de desligamento do sinal analógico no Vale do Paraíba, que está agendado para o próximo dia 29/11.

Foram reforçados alguns conceitos de transmissão de sinal de TV pelos engenheiros da Vanguarda e como recepcionar esse sinal com máxima qualidade, através das explicações dos técnicos da Proeletronic. O Evento contou com a participação de estudantes de inúmeros colégios de Jacareí e São José dos Campos que tiveram contato com projetos e outras informações acadêmicas. Houve sorteio de produtos da Proeletronic e Seja Digital, gerando animação e engajamento com o público. E quem não podia ficar de fora era o mascote do Seja Digital, que marcou presença e tirou inúmeras fotos com os estudantes.

25 out

Desligamento Analógico é adiado no Rio de Janeiro

Desligamento Analógico é adiado no Rio de Janeiro

O Desligamento no Rio de Janeiro e região que estava previsto para o dia 25/10, foi adiado para 22/11/2017. Segundo o Grupo de Implementação da TV DIGITAL (GIRED), a pesquisa IBOPE realizada alguns dias antes sinalizou que apenas 86% dos domicílios estavam recebendo o sinal digital.

Por convenção é estabelecido que para efetuar o desligamento nas regiões esse índice deve ser de 93%, o que deverá ser atingido dentro deste mês extra.

Veja abaixo os municípios que serão afetados por este adiamento.

Rio de Janeiro, Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá. Ao todo, 12,4 milhões de pessoas serão afetadas.

De acordo com o portal Isto é Dinheiro, desde o início da implantação da TV digital no Brasil, 40 milhões de pessoas já foram “migradas”. O sinal analógico já foi desligado em Rio Verde (GO); Brasília e 9 cidades do entorno do Distrito Federal; São Paulo e 38 cidades do estado; Goiânia e 28 municípios de Goiás; Recife e mais 13 cidades de Pernambuco; Salvador e 19 cidades da Bahia; Fortaleza e outras 14 cidades do Ceará.

23 out

Treinamento em Caruaru da Proeletronic é sucesso.

Treinamento em Caruaru da Proeletronic é sucesso.

O Evento foi realizado no último dia 17/10 em Caruaru-PE no distribuidor Megasat. O Evento contou com a presença de 80 instaladores, que foram conhecer as novidades e aprender mais sobre a Proeletronic e seus produtos. Os presente tiveram contato prático com os produtos os RACKS de TV Coletiva da PRO e aprenderam como desenvolver projetos de TV para hotéis, pousadas e empreendimentos comerciais.
Agradecemos o empenho de toda equipe Pro e o distribuidor Megasat que fez um ótimo trabalho de divulgação.

19 set

1º Encontro de Antenistas da Rede Vanguarda

1º Encontro de Antenistas da Rede Vanguarda

A Proeletronic participou no último dia 13/09 do 1º Encontro de Antenistas a convite da TV Vanguarda. O Evento com foco no Desligamento do Sinal Analógico, contou com a participação de funcionários da Rede Vanguarda e da Proeletronic ministrando workshops e palestras sobre o processo de implantação do sinal digital. Durante o evento os instaladores e antenistas presentes puderam sanar dúvidas e aprender novos conceitos e formas para melhoria e instalação de sistemas de TV residenciais e coletivas.

Houve também um sorteio de brindes, contando com a presença da apresentadora Kelly Maria e do incunfundível Jonas Almeida, dando um charme a mais para o evento. O evento foi um sucesso, e outros certamente virão por ai, antes do desligamento na região do Vale do Paraíba!

O desligamento do sinal analógico no Vale do Paraíba está marcado para o dia 29/11, em 19 cidades da região.
Prepare-se e não fique sem Sinal, procure um distribuidor Proeletronic perto de você!

 

15 set

A 2 semanas do fim do sinal analógico, cerca de 7% das casas em Salvador e região ainda não fizeram conversão

A 2 semanas do fim do sinal analógico, cerca de 7% das casas em Salvador e região ainda não fizeram conversão

Sinal analógico será desligado em 27 de setembro; saiba o que fazer para receber o sinal digital.

nal analógico que chega aos aparelhos de TV de Salvador e outras 19 cidades da região metropolitana e recôncavo baiano será desligado em 27 de setembro. Segundo informações da Seja Digital, instituição responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital no Brasil, cerca de 7% das residências destas 20 cidades ainda precisam fazer a migração para o sinal digital. [Confira no fim da reportagema lista de cidades que terão sinal analógico desligado em 27/09]

De acordo com Camila Godinho, gerente regional do Seja Digital, o primeiro passo é ver qual o modelo do aparelho de terlevião a pessoa possui. “Se a TV for analógica – qualquer uma fabricada até 2010 -, é necessário adquirir o conversor. Se a TV for digital, é preciso apenas da antena UHF”, afirma. O moradores de condomínios que possuem uma antena em comum, precisam verificar se a antena é UHF, que é a que suporta o sinal digital.

Quem possui TV analógica precisa adquirir o conversor digital (Foto: Reprodução/TV TEM)

Quem possui TV analógica precisa adquirir o conversor digital (Foto: Reprodução/TV TEM)

Ainda segundo Camila, todas as pessoas que estejam inscritas em algum programa social vinculado ao cadastro único – NIS (Número de Identificação Social) -, tem direito ao kit gratuito de conversão, que é um pacote de equipamentos distribuídos gratuitamente pela Seja Digital para que famílias de baixa renda possam preparar suas residências para receber o sinal digital de TV.

“Entre os programas que dão direito ao kit estão Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida, Carteira do Idoso, Tarifa Social de Energia Elétrica. São mais de 30 programas sociais”, afiorma Camila. Segundo ela, a pessoa que tiver dúvida se é beneficiário de algum programa que lhe dê direito ao kit deve entrar em contato com a central de atendimento do Seja Digital, através do telefone 147 (é gratuito e funciona de domingo a domingo), ou consultar a situação através do site do Seja Digital. Após acessar, a pessoa deve informar o NIS ou o CPF.

Kits gratuitos com antena digital e conversor com controle remoto serão entregues para beneficiários de programas sociais do Governo Federal (Foto: Reprodução/ EPTV)

Kits gratuitos com antena digital e conversor com controle remoto serão entregues para beneficiários de programas sociais do Governo Federal (Foto: Reprodução/ EPTV)

Camila destaca que, o custo para adquirir o conversor e a antena, para a spessoas que não têm direito ao kit gratuito, varia. “O preço da antena tem variado entre R$ 30 e R$ 50, enquanto o conversor tem preço entre R$ 90 e R$ 150”, diz.

Quem não fizer a conversão até o dia 27 de setembro, quando ligar a televisão haverá uma mensagem informando que o sinal foi desligado e que precisa fazer a migração para o digital. Essa mensagem ficará no ar por 30 dias. A residências que possuem serviço de TV por assinatura não precisam fazer a conversão, exceto quando a casa tenha mais de um aparelho e algum deles não tenha o sinal de TV por assinatura.

Lista das cidades baianas que terão sinal desligado em 27 de setembro:

Aratuipe
Cairu
Camaçari
Candeias
Dias D´Avila
Itaparica
Jaguaripe
Lauro de Freitas
Madre de Deus
Maragogipe
Nazaré
Salinas da Margarida
Salvador
Santo Amaro
São Francisco do Conde
São Sebastião de Passe
Saubara
Simões Filho
Terra Nova
Vera Cruz

Fonte: Link Original
Globo.com